Copa de 2010 vai expandir a TV digital interativa no Brasil

Da série “7 tecnologias que ainda não decolaram

Desde que a TV digital foi anunciada, um dos pontos mais festejados foi a interatividade.

Com ela, os telespectadores poderão votar em resultados de enquetes, opinar sobre o fim de novelas e até mesmo comprar produtos.

A promessa é que a novidade estaria disponível junto com o lançamento da TV digital no Brasil, em dezembro de 2007.

Apesar da “festa”, a interatividade permanece como promessa.

Alguns atrasos, como na criação do padrão Ginga, estão impedindo a tecnologia de deslanchar.

Na avaliação de Frederico Nogueira, presidente do Fórum do Sistema Brasileiro de TV Digital (SBTVD), porém, a tecnologia está no prazo e deve sair até o meio deste ano. “A interatividade não existe de forma consolidada no mundo inteiro. Portanto, não podemos dizer que a gente está atrasado, pois isso ainda não está consolidado”, argumentou.

Para Nogueira, um grande feito foi fechar a especificação do Ginga antes da metade deste ano. “Há grandes chances de o Java DTV (padrão de interatividade baseado na linguagem Java, da Sun, e adotado no Brasil) se tornar o padrão mundial para a TV interativa”, disse. Já no segundo semestre deste ano, o executivo acredita que “teremos produtos (com interatividade) nas prateleiras”.

“No Natal deste ano, a gente já vai ter bastante produto de interatividade. Em outubro vamos ter produtos no varejo e isso começa a deslanchar com as vendas de Natal”, explicou. Nogueira destacou ainda que a “a Copa vai ser um fator de grande mobilização” para a tecnologia. “Na Copa de 2006 tivemos o começo da alta definição. A de 2010 vai ser a Copa do Full HD (alta definição com resolução de 1080 linhas) e do começo da interatividade.”

« Anterior 1 2 3 4 5 6 7 Próximo »

Deixe seu Comentário