Sua formação acadêmica no currículo em inglês

Você é very good?
Vale dar atenção ao tópico de formação acadêmica, que é muito valorizada pelos americanos.

Comece pelos cursos mais recentes, como MBA ou pós-graduação. Por fim, informe a faculdade de graduação.

Em todos, escreva o nome da instituição, o nome do curso, o período e a cidade. “Se você ficou entre os dez melhores da turma, recebeu um diploma com mérito ou ganhou uma bolsa de estudos, destaque isso. Os americanos valorizam as classificações acadêmicas”, afirma Giselle Bettanio Zaha, sócia da A2Z, empresa de recrutamento e seleção de executivos.

No trecho sobre experiência profissional descreva as empresas onde trabalhou (da última à primeira), começando pelo nome, posição ocupada, período em que trabalhou, principais responsabilidades e projetos conduzidos.

Convém usar sempre verbos de ação no texto. Por exemplo, criar, realizar, desenvolver, ampliar, aumentar (as vendas, o desempenho da equipe) e diminuir (os custos, o turnover).

Por fim, as empresas americanas valorizam atividades extracurriculares, como o trabalho voluntário em projetos sociais ou a participação do candidato em organizações profissionais.

Também gostam de saber se você pratica esportes, mostra preocupação com a qualidade de vida ou tem um hobby. Mesmo se for algo exótico, como um colecionador de fliperamas antigos. Isso sugere ao recrutador algo sobre seu estilo pessoal e até pode fazê-lo simpatizar com o currículo.

Good luck!

< Anterior 1 2 3 4 5 6 Próxima >

6 Comments

  1. Chris 20 de setembro de 2012
  2. Bernardo 22 de maio de 2012
  3. Pingback: Suas habilidades no currículo em inglês 14 de janeiro de 2009
    • Rodrigo Dias Ribeiro 25 de novembro de 2010
  4. Pingback: Seus dados pessoais no currículo em inglês 14 de janeiro de 2009
    • Rodrigo Dias Ribeiro 25 de novembro de 2010
      • Eduardo Tetera 26 de novembro de 2010
  5. Pingback: Montando um currículo em Inglês passo-a-passo 14 de janeiro de 2009
  6. Pingback: Como fazer um currículo bem escrito em inglês 14 de janeiro de 2009

Deixe seu Comentário