Prism Mozilla

Até agora estávamos nos focando em webtops que levam o usuário para as nuvens.

Já o Prism Mozilla, por outro lado, faz exatamente o oposto e leva as nuvens ao desktop do usuário.

O serviço é parte do Mozilla Labs, e está disponível como um programa isolado ou como um add-on para Firefox, que permite que se crie aplicativos web locais na área de trabalho de computador pessoal.

Testamos o Prism criando versões locais dos aplicativos do Gmail, Meebo e Google Docs. As aplicações podem ser colocadas como um ícone no desktop ou em outras localidades do computador, dependendo do sistema operacional.

prism_450.jpg

Com o serviço, suas opções de aplicativos são virtualmente ilimitadas; assim como funcionariam bem para usuários Linux e Windows que possuem sistemas vazios e que preferem optar por aplicativos web em vez de softwares open source ou comerciais.

Mas a decepção com o serviço foi o fato de não permitir criar aplicações que pudessem ser armazenadas em um pendrive e que pudessem rodar em qualquer sistema que estivéssemos usando. Infelizmente, até o momento o Prism não faz este serviço.

Mas se a Mozilla conseguir elaborar uma maneira deo Prism criar aplicativos de inicialização rápida para os sites favoritos e serviços que o usuário possa levar com ele, o Prism seria um sistema mais útil e relevante do que é hoje.

Prós: Rápido acesso para os aplicativos web, sem precisar abrir o browser; funciona como uma aplicação de desktop.

Contras: Usar muitos aplicativos web de uma só vez pode exigir muito do seu processador; não é uma solução muito prática ao contrário dos outros webtops.

Nenhuma Resposta

  1. Pingback: Use o chat do Facebook sem entrar no site 23 de junho de 2011
  2. Pingback: Conheça 9 pacotes de produtividade baseados na web 11 de setembro de 2009

Deixe seu Comentário