Organizado ou eficiente?

Ser organizado pode ser um conceito relativo.

E muitas vezes é mesmo.

Acontece que a maioria das pessoas se acostumou a associar bom desempenho com boa organização.

E isso é ensinado em casa, na escola, no trabalho, na faculdade, enfim: somos doutrinados pela ideia de que só dá certo se for engomadinho.

A regra é quase certa.

Digo que este conceito está “quase certo” porque é preciso definir o que é ser organizado.

Definindo organização

Vamos às opções e veja onde você se encaixa. Ser organizado é:

1. Viver num ambiente hermético, com tudo brilhando, perfumado, e nenhuma caneta fora do lugar;

2. Viver numa completa desordem, uma bagunça que ninguém entende; mas onde você (e só você) consegue achar tudo e ainda executa suas tarefas normalmente;

3. Viver no seu tempo. No seu ritmo, onde você sabe a melhor hora de executar suas tarefas, conhece a melhor maneira de fazer seu trabalho e sempre entrega suas demandas de maneira correta e a tempo.

Bem, não importa qual dos três é você.

O que realmente conta é se está dando certo.

Notou que o critério aqui nada tem que ver com seu ambiente, nem com sua pessoa e muito menos com limpeza?

Seja eficiente

Não que estas coisas não sejam importantes; são, e muito! Mas quando passamos a analisar nossa vida e nossas tarefas ou atividades do ponto de vista da eficiência, pouco importa o método (até porque, método é pessoal).

Veja como é relativo:

  • Você pode ter seu quarto e sua casa arrumados, brilhando, e ainda assim ser indolente, tendo preguiça de fazer seu trabalho.
  • Você pode ser aquele do quarto bagunçado, que nunca faz a cama, larga o prato onde come, e raramente toma banho: mas seus clientes vivem procurando por seus serviços, e você quase não dá conta da demanda.
  • E você pode ainda ser o cara zen da ultima opção; que gerencia as tarefas num tempo meio louco, fazendo com que os clientes (ou o chefe) pensem que não vai dar tempo, mas que acaba terminando tudo correto porque sua concentração é a chave de seu sucesso.

Ser eficiente é diferente de ser organizado. As duas coisas podem andar juntas mas, no que diz respeito à sua eficiência, analise primeiro a sua forma de trabalho e seus resultados.

Se faz sentido pra você dar uma guinada e passar a trabalhar de forma melhor organizada, ou seja, se você percebe que sua desorganização está te atrapalhando, o conselho é simples e direto: se organize.

Mas se outra pessoa tenta modificar seu ambiente de produção para um modelo adotado por ela, e isto perturba seu modo de produzir, está na hora de se impor e solicitar à outra pessoa:

Me deixe trabalhar do meu modo; eu sou eficiente assim.

Deixe seu Comentário