Meu Fundo 157 sumiu. E agora?

Depois de feita a pesquisa pelo número do CPF, identifiquei a existência de cotas do Fundo 157.

Ao procurar a instituição administradora, no entanto, fui informado que não há valores em meu nome para resgate.

Como devo proceder?

Resposta: As informações no site da CVM são prestadas com base em dados fornecidos pelas instituições em abril de 1996. Quem já houver resgatado integralmente suas aplicações, a partir daquela data, não possui mais cotas a resgatar.

Não tendo ocorrido saque, orientamos o investidor, seu representante legal ou o representante do espólio, a escrever uma carta à instituição administradora do fundo, solicitando informações sobre o seu investimento.

Caso não seja atendido pela instituição de forma satisfatória, poderá encaminhar, à CVM, cópia da carta dirigida à instituição, mencionando não ter efetuado o resgate da aplicação depois de abril de 1996.

Nenhuma Resposta

  1. Pingback: Fundo 157 – Perguntas frequentes 5 de agosto de 2010

Deixe seu Comentário