Mais novidades no Facebook

O Facebook está modificando as páginas de 750 milhões de usuários, para estusiasmo de alguns e insatisfação da maioria.

Foram criados eventos e publicadas notas e imagens na rede social que reprovam a mudanças recentes na rede social.

Hoje o site deve anunciar mais novidades durante a sua conferência anual para desenvolvedores, a f8, em São Francisco, nos Estados Unidos.

Entre os assunto abordados estarão música digital, jogos, aplicações móveis e negócios. Espera-se que sejam divulgados serviços de straming de vídeo e música, além de aplicações para sites de notícias dentro da rede social.

O evento ocorre após uma série de mudanças feitas em sequência pelo Facebook, nas últimas semanas. Algumas simples, como o aumento do tamanho das fotos e outras mais sofisticadas como o recurso de listas inteligentes que agrupa amigos por categoria de forma automática.

As novas ferramentas foram recebidas com silêncio, sem muitas reclamações, até o momento em que o Facebook lançou o ‘principais notícias’ – top story, que muda a sequência das atualizações – e o ‘novidades’ que cria uma janela de atualizações em tempo real, em cima da coluna de bate-papo.
Na quarta-feira, quando muitos usuários descobriram que a página inicial foi alterada, listando “notícias principais” seguidas de “notícias recentes”, as últimas em ordem cronológica, começaram as reclamações.

As queixas foram ainda piores, sobre o ‘novidades’ – ou ‘ticker’, uma alimentação viva de todas as atividade em curso dos contatos do usuário que também aparecem no feed de notícias. Alguns apontam que “é uma espécie de Facebook dentro do Facebook”, replicando conteúdo nas duas colunas.

Horas depois, o “Novo Facebook” rapidamente se tornou um dos temas mais discutidos no Twitter, no Facebook, no Google+ … Os comentários foram negativos, apesar de que em alguns deles se observou coerência. O Facebook fez muitas alterações em seu site mas, eventualmente, as pessoas ainda podem se acostumar e aceitá-las.

Deixe seu Comentário