Internet e videogame podem causar danos a crianças

Dores de cabeça, no pescoço e nos ombros, obesidade, distúrbios do sono e agressividade.

São inúmeros os riscos que o uso abusivo de ferramentas como a internet e os videogames podem provocar em crianças e adolescentes.

Mesmo assim, os pais não devem privar os filhos do contato com a tecnologia, na avaliação da médica pediatra Susana Graciela Bruno Estefenon.

Ela é uma das organizadoras do livro “Geração Digital – Riscos e Benefícios das Novas Tecnologias para as Crianças e os Adolescentes”.

Segundo a pediatra, o ideal é que os pais conheçam os jogos de videogame e os ofereçam de acordo com a maturidade da criança.

Da mesma forma, é importante que se limite o tempo que a criança vai passar jogando. O limite ideal, segundo ela, pode ser fixado em duas horas por dia.

Esse intervalo também pode ser usado como parâmetro para o uso da internet e da televisão.

Jogar videogame traz diversos benefícios, como o aumento da coordenação motora e do raciocínio rápido, além de ser uma forma de lazer. Mas passar muitas horas exposto à tela do videogame ou privado de atividades ao ar livre traz riscos”

A médica lembra ainda que não são somente os riscos à saúde que podem trazer preocupações aos pais, já que a web pode facilitar casos de exploração sexual ou outros tipos de violência.

“Não podemos proibir uma criança de acessar a internet. Mas, nesse caso, falamos em monitoramento. Falamos também em pôr filtros de segurança contra a pornografia. Para crianças, ela nunca é algo bom porque estimula a libido fora da idade”, explicou.

Outra dica é pôr o computador em um lugar de convívio comum, como a sala de estar.

“Uma criança não deve ter sua própria conta de email, mas sim a da família. E os pais precisam orientar seus filhos sobre o perigo que pode representar navegar na internet e fornecer dados pessoais”, aconselhou.

A pediatra lembra que, mesmo se tenha selecionado uma página com conteúdo infantil, os pais não devem deixar os filhos sozinhos navegando na web.

Deixe seu Comentário