Gravando arquivos de áudio no Nero

A aba Gravar

Na última aba desta tela, “Gravar”, a primeira opção que você encontra é “Determinar a velocidade máxima”.

Ao marcar esta opção, o Nero vai executar um teste de velocidade que vai determinar quão rapidamente os arquivos de uma compilação podem ser acessados.

Caso essa velocidade de acesso seja menor que a velocidade de gravação, então esta última é reduzida para evitar falhas na gravação. Vale o lembrete: não é necessário utilizar este teste quando o drive utilizado tem proteção contra mau uso de buffer.

Outra opção que você pode marcar é somente simular uma gravação. Uma simulação executa todos os passos de uma gravação, mas não ativa o laser do drive. Dessa maneira, caso tudo ocorra corretamente, você tem a garantia de que o processo de gravação “pra valer” não terá problemas.

A opção “Gravar disco” parece óbvia, mas não se engane. Este recurso inicia o processo físico e definitivo de gravação. Caso seja interrompido, uma mídia pode ficar inútil. Somente gravadores com proteção de buffer podem resumir uma gravação interrompida.

A caixa “Finalizar disco (Nenhuma gravação adicional será possível)” finaliza a sessão de gravação do CD, ou seja, não será possível retomar a gravação e adicionar faixas à compilação. Pouquíssimos aparelhos são capazes de ler CDs de áudio não finalizados. Logo, é recomendado marcar esta opção sempre. Esta é uma opção que deve ser mais utilizada com CDs de dados e CDs regraváveis, para que você adicione arquivos sem precisar apagar uma mídia. No entanto, em um CD de áudio, não há razões para utilizar esta opção.

A última opção desta parte, “Verificar dados gravados”, executa o CD logo depois de gravado. Assim você já começa a curtir sua gravação e se assegura que tudo correu bem.

Antes de passar à próxima etapa, ainda há algumas opções para configurar. A primeira delas é o método de gravação, que pode ser:

Disc At Once – a mídia é gravada em uma “tacada”, sem desativar o laser do drive.

Track At Once – cada faixa é escrita individualmente, o que significa que o laser é desligado a cada faixa gravada.

Você ainda pode determinar o número de cópias que deseja gravar, além de escolher utilizar mais de um drive gravador, caso você tenha.

Adicionando arquivos

Exibir navegadores no Nero

Depois de ajustar as configurações básicas, clique em “Novo” para avançar à tela de seleção de arquivos.

Caso a janela para navegação de arquivos não seja aberta, acesse o menu “Exibir” e marque a opção “Navegadores”.

Você também pode fazer isso clicando no botão “Navegadores”, que se encontra na área de ferramentas.

Exibir navegadores - Nero

Adicionar arquivos à sua gravação é bem simples.

Basta selecioná-los e arrastá-los até o menu à esquerda da tela. Preste atenção na parte de baixo da tela, onde há uma barra que indica o quanto já foi usado e o quanto está livre em seu CD.

Barra capacidade do Nero

Outra maneira de adicionar arquivos à sua gravação é clicar com o botão direito sobre eles e clicar em “Copiar para a compilação”.

Ainda é possível adicionar arquivos sem a necessidade do navegador do Nero. Basta acessar o menu “Editar” e clicar em “Adicionar arquivos”.

Depois que você adicionou todos os arquivos desejados, o navegador pode ser fechado e você pode trabalhar em uma área menos poluída. Agora, você já pode gravar sua compilação, bastando clicar no botão “Gravar”, na barra de ferramentas. Esta opção também está acessível no menu “Gravadora”.

« Anterior 1 2 3 Próximo »

Nenhuma Resposta

  1. Pingback: Como gravar CDs de áudio 28 de abril de 2009
  2. Pingback: Editando compilação de áudio no Nero 28 de abril de 2009

Deixe seu Comentário