Dicas de terno para entrevista de emprego

Discrição é a palavra chave.

Não basta causar boa impressão na primeira entrevista;

é preciso manter a boa impressão, e isso só se consegue com bom gosto e discrição.

Como naquele axioma romano: “À mulher de César não basta ser honesta, mas também parecer honesta“.

Uma regra de ouro da discrição no vestir-se: a camisa mais clara que o terno, e a gravata mais escura que a camisa.

Outra regra de ouro: Quanto mais claras a camisa e a gravata e quanto mais escuro o terno, mais formal é o resultado.

Michael Korda, Vice-Presidente da Simon and Schuster, costuma dizer o seguinte: “Vestir-se mal revela um certo desprezo pelos outros, o que só é tolerado em pessoas muito ricas, muito talentosas, ou que simplesmente não possuem qualquer ambição empresarial, financeira ou social.”

Lois Fenton, consultora de moda da revista Fortune, no livro Dress for excellence, dá algumas sugestões de ternos que combinam com pessoas, que reproduzimos aqui:

  • Para homens de cabelos escuros, olhos escuros e tez morena: terno azul marinho, com camisas marfim, azul claro ou rosa.
  • Para homens de cabelos claros, olhos claros e pele clara: terno em qualquer tom de azul ou de cinza, com camisa preferencialmente em tom de azul.
  • Para homens com cabelo grisalho: terno combinando com os cabelos, em qualquer tom de cinza, com camisas brancas ou listadas em cinza e branco.
  • Para homens de pele escura: terno azul médio ou azul marinho, combinando com camisas brancas, marfim ou azul claro.
  • Para homens orientais: terno azul com camisas claras, desde que não sejam variantes do cáqui.

Nos levantamentos realizamos aqui pela Tetera Consultoria, a recomendação, para a média dos executivos brasileiros, é um guarda-roupa básico de cinco ternos: dois azul-marinho, um cinza escuro, um preto e um mais claro para ocasiões menos formais.

Deixe seu Comentário