Considere o processador ao comprar um PC novo

Você já deve estar careca de saber que o processador, também chamado unidade central de processamento (CPU pela sigla em inglês), é um dos componentes mais importantes do computador.

Sua escolha irá determinar não só o tamanho do gabinete (há modelos que necessitam sistemas de refrigeração potentes e isso torna o equipamento substancialmente maior) mas principalmente o preço.

Em linhas gerais, vale a seguinte regra: quanto mais alta a velocidade do clock (comumente expressa em gigahertz – GHz), maior o desempenho e também o preço.

O processador Intel Core i5-670 de 3,46 GHz bate fácil, fácil um Core i3-530 de 2,93 GHz, só que custa aproximadamente duas vezes mais também.

Atenção também ao tamanho do cache: quanto maior melhor. Processadores Core i3 e Core i7 têm 4MB de memória cache; já o turbinado Core i7 está disponível em versões com 6MB e 8MB de memória cache.

Desktops compactos e mesmo algumas versões de PC tudo-em-um costumam ser construídos com os mesmos processadores que equipam netbooks e notebooks. Embora tais chips sejam ‘mais fracos’ em termos de desempenho, eles também são menores e geram menos calor, por isso são ideais para serem usados em sistemas de tamanho menor. Um desktop que traga um processador Atom, da Intel, é adequado para tarefas básicas de computação, como edição de textos, surfar na web, enviar e receber e-mails, e reprodução limitada de alguns tipos de arquivo multimídia.

Os novos processadores Intel Clarkdale Core i3 e Core i5 para desktops tendem a aparecer em PCs de baixo custo. Em pouco tempo devemos ver sistemas com tais chips, que oferecem desempenho semelhante a CPUs dual-core, a preços palatáveis. Processadores Core i3 serão ainda mais acessíveis e devem ser encontrados nos PCs mais baratos já no curto prazo.

Do outro extremo, o Core i7 quad-core tem como alvo usuários que precisam de muito desempenho. Quem usa jogos topo de linha ou edita horas e horas de áudio e/ou vídeo irá encontrar nesse chip a solução adequada.

Os Core i3 podem facilmente dar conta de tarefas computacionais mais simples, assim, procure encontrar um equilíbrio entre desempenho e preço, tanto quanto possível. E se o orçamento estiver mesmo muito estreito, não deixe de considerar os Pentium dual-core e ou mesmo processadores Celeron, desde que não se esqueça que preços mais baixos são ‘compensados’ pelo menor desempenho.

Nota do editor: Citamos os processadores da Intel, mas eles não são os únicos destinados a desktops PC. A AMD possui uma bem composta oferta de processadores e preços muito competitivos nas categorias dual-core e quad-core, embora a concorrente Intel detenha, hoje, a coroa no quesito performance. Se o desempenho que você precisa estiver dentro do que estes processadores podem oferecer, sugerimos olhar com atenção as ofertas da AMD.

Nenhuma Resposta

  1. Pingback: O que levar em conta ao comprar um PC novo 7 de julho de 2010

Deixe seu Comentário