Como reinvestir em seu próprio negócio

Está montando a sua empresa ou ela já está consolidada no mercado?

Não importa a situação do empreendimento, o reinvestimento no próprio negócio é fundamental para ampliar horizontes e melhorar ainda mais a qualidade no trabalho e produto final, além de elevar os lucros.

Se você possui uma empresa, deve saber que ‘finanças’ é uma das palavras-chaves para o sucesso.

Por isso, antes de reinvestir, deve-se analisar detalhadamente o momento financeiro da empresa com relação a fluxo de caixa, demonstrativo de resultados e balanço patrimonial.

Depois é hora de organizar a empresa financeiramente. Como cada caso é um caso, o valor de investimento depende de cálculos sobre despesas, custos, lucros, etc. Independente do tamanho e potencial do reinvestimento, é necessário determinar valores para o seu salário e não permitir que as despesas pessoais afetem a empresa. Se você não sabe como calcular a quantia para reinvestir e nem como saber sobre o retorno do investimento, fique atento às dicas do SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas.

Como calcular a quantia para reinvestir?
O valor a ser investido na empresa depende da necessidade de capital de giro para financiar os estoques, as vendas e para aquisição de ativo fixo (máquinas, equipamentos, etc.). Entretanto, o valor investido na empresa deverá ter um retorno que se dará através da obtenção do lucro líquido, decorrente das operações realizadas. Clique aqui e saiba como calcular o seu lucro líquido.

Como calcular o retorno do investimento?
Investimento é todo o capital aplicado na empresa, seja o capital social inicial, mais os aumentos (aporte) de capital adicional, mais os lucros reinvestidos na empresa.
A taxa de rentabilidade do investimento é calculada da seguinte forma:

Lucro Líquido, dividido pelo Investimento.
Exemplo: Lucro Líquido mensal: R$ 2.000,00
Investimento total: R$ 80.000,00
Taxa de rentabilidade: 2,5 % ao mês

O prazo de retorno do investimento realizado é calculado da seguinte forma:

Investimento, dividido pelo Lucro Líquido.
Exemplo: Investimento total: R$ 80.000,00
Lucro Líquido mensal: R$ 2.000,00
Prazo de retorno: 40 meses.

O SEBRAE também informa algumas alternativas para captar e aplicar os recursos financeiros necessários para a empresa. Confira!
– Capital inicial e aumento de capital. Aplicação dos lucros acumulados obtidos junto aos sócios.
– Empréstimos obtidos junto às instituições financeiras.
– Financiamento das mercadorias obtido junto aos fornecedores.
As alternativas para aplicar os recursos financeiros
disponíveis da empresa, são:
– Aplicações junto às instituições financeiras.
– Aquisição de mercadorias para serem vendidas.
– Financiamento aos clientes decorrentes das vendas a prazo.
– Aquisição do ativo fixo (móveis e utensílios, equipamentos, veículos e outros) para uso da empresa.

Deixe seu Comentário