Chegou o iPhone 5!

A Apple acaba de anunciar o iPhone 5, a sexta geração do smartphone com iOS.

E grande parte dos rumores, dessa vez, se confirmaram: o aparelho apresentado por Phil Schiller tem tela de 4 polegadas, conta com um conector menor do que os anteriores e terá conexão 4G “global”.

Depois de seis anos utilizando telas de 3,5 polegadas em todos os iPhones já lançados, a Apple decidiu mudar.

Nada muito espalhafatoso ou gigantesco: trata-se apenas de uma linha a mais de ícones na home principal — em vez de 16 ícones por homepage, o usuário poderá agora ter até 20 ícones. Ela tem resolução de 640 por 1136 pixels, ficando com 326ppi e continuando com o nome de Retina Display.

Por fora, além de crescer, o novo iPhone é construído em uma peça única de alumínio — como os MacBooks atuais — e é 18% mais fino que seu antecessor, com 7,6mm. Mesmo maior, ele também é mais leve: 112 gramas, contra 140g do iPhone 4S. Já o tal novo conector é aquilo que imaginávamos: 9 pinos, 50% menor e, felizmente, com conexão USB 3.0 para aumentar a velocidade. E, na ânsia por diminuir tudo, o novo nano-SIM card também está presente no aparelho. Por dentro, um novo processador A6, memória finalmente atualizada para 1GB de RAM e opções de armazenamento em memória flash de ate 128GB.

Chegou o iPhone 5!

O novo iPhone também é o primeiro smartphone da Apple a ter um chip LTE — ele é o primeiro iPhone com 4G.

A importante diferença aqui: a Apple disse que a nova conexão funcionará “globalmente”. Isso significa que o chip funciona em diversas frequências do LTE, e isso pode ser bom para nós, brasileiros: nossa frequência de 4G é completamente diferente dos EUA, mas é utilizada na Europa, por exemplo.

Isso pode significar que os aparelhos não terão que ser adaptados especificamente para o mercado nacional.

Deixe seu Comentário