Analisando o contrato do provedor de banda larga via ADSL

Está pretendendo contratar os serviços de um provedor de Internet via ADSL? Analise primeiro o contrato de prestação de serviço de Internet de Banda Larga.

As seguintes questões merecem sua atenção:

As instalações prediais (especialmente de telefonia) suportam as soluções ADSL? Em edifícios antigos, os dutos de telefonia podem comprometer a qualidade do serviço de conexão (qualidade da fiação, presença de ruído eletromagnético, etc.).
Há sinais de desgaste / corrosão nos cabos de telefonia (pares trançados de cobre)?
Há limitação / franquia de conexão ou cota de tráfego (limite de Mb recebidos (downloads) + Mb enviados (uploads))?
Quando a franquia de conexão é alcançada, há redução na velocidade de transmissão ou cobrança de cota adicional?
É cobrada taxa de instalação?
Qual o prazo do contrato? Há multa para rescisão fora do prazo contratual?
Quais os custos adicionais (modems, placas, etc.)?
É necessário contratar um provedor de conteúdo para realizar a autenticação da conexão? Qual é o custo mensal adicional?
Há limitações para uso de serviços adicionais (P2P, VoIP, etc.)?
Qual é a velocidade de acesso garantida?
O IP é fixo ou dinâmico?

Uma Resposta

  1. wal 15 de junho de 2011

Deixe seu Comentário