18 recursos que o Windows deveria ter, mas não tem – Compartilhamento de tela

Este é o 4º artigo da série “18 recursos que o Windows deveria ter, mas não tem“.

Compartilhamento de tela

Disponibilidade: Mac

Quando o Mac OS X Leopard chegou às prateleiras no ano passado, ele veio com um prático upgrade no iChat (o cliente AIM da Apple) que permite que um usuário de Leopard compartilhe telas com seu interlocutor em tempo real.

Quer mostrar a seu amigo o que você está vendo naquele instante? Simplesmente compartilhe sua tela com ele. Ou peça a ele para que compartilhe a dele com você. É grátis.

Você tem uma visão exata de tudo que ele pode ver, e ainda pode controlar o ponteiro do mouse dele quando necessário. É um modo prático de consertar o computador de sua sogra sem ter de ir realmente visitá-la (não que você se importasse de ir até lá, claro).

O Windows Meeting Space (embutido no Vista) oferece uma funcionalidade similar, mas apenas sobre rede local. Assim, compartilhar sua tela com um parente distante não é uma opção. Felizmente, uma ferramenta Web chamada LiveLock permite que você compartilhe sua tela em intervalos, não importa que sistema operacional você ou seu colega remoto esteja rodando, e não exige nenhuma sessão de mensageiro instantâneo para funcionar.

Simplesmente entre no LiveLook.net e clique em Show My Screen. O LiveLook lhe dará um número único de sessão para compartilhar com seu amigo. Quando ele digitar esse número no LiveLook.net, imediatamente verá sua tela. Depois do período de testes de 14 dias, o LiveLook salta para exorbitantes US$ 40 por mês – como alternativa, há um plano de uso tabelado em 2,5 centavos de dólar por minuto.

Deixe seu Comentário