Você está ganhando bem?

por Cibele Gandolpho

Recebeu uma nova proposta de emprego? Anda pensando em pedir um aumento para o chefe?

Seja em situações como essas, seja simplesmente para saber se o seu salário está na média do mercado, saiba que não dá para levar em consideração apenas o valor bruto de base que aparece no contra-cheque.

A remuneração de um profissional é, em geral, composta por salário fixo, variável e benefícios.

Todos os itens devem ser ponderados na avaliação do patamar financeiro.

Assim, para quem é registrado em carteira, é preciso incluir na conta benefícios básicos como férias, 13o_ salário, plano de saúde e vale-alimentação, além dos extras, como plano de previdência privada, cursos, celular, carro e notebook.

Quem é autônomo, por outro lado, deve considerar a quantia que vai desembolsar do próprio bolso para ter benefícios como plano de saúde, o 13o_ salário e férias. Qual o melhor pacote? Não existe uma resposta única. Essa é uma avaliação que depende de particularidades de cada profissional.

Como exemplo, podemos citar o plano de saúde, que tem um impacto diferente para um profissional solteiro e para outro casado, com quatro filhos.

1 2 3 4 Próximo »

Nenhuma Resposta

  1. Pingback: 4 dicas para pedir aumento 13 de março de 2009
  2. Pingback: Seguro de vida ou bolsa de estudo? 13 de março de 2009

Deixe seu Comentário