TV via satélite da GVT

O serviço de TV por assinatura da GVT será via satélite, e deve chegar ao mercado nacional no segundo semestre deste ano.

A GVT pretende, em dois anos, ultrapassar a base de clientes da NET (maior operadora de TV paga no país), que hoje é de 4,3 milhões de assinantes.

Internet e telefonia

A GVT também anunciou que o início de suas operações de serviços banda larga e de telefonia na cidade de São Paulo irá atrasar e não deve estar disponível neste ano, embora a empresa tenha separado mais de R$ 408 milhões para investir na região. Segundo a empresa, as licenças para a instalação da rede de fibra óptica na capital paulista ainda não foram aprovadas pela Prefeitura.

Caso venham a ser liberadas até o próximo mês, ainda seria necessário mais quatro meses de obras para que os serviços comecem a chegar aos primeiros bairros.

Além de São Paulo, nos próximos cinco anos a GVT deverá chegar em mais 80 cidades. De acordo com o presidente da empresa, Amos Genish, a expansão pode ser ainda maior se for concretizado o Plano Nacional de Banda Larga (PNBL) do governo, com a Telebrás criando mais backbones por todo o país.

2 Comments

  1. Paulo Sergio 15 de maio de 2011
  2. paulo sergio ribeiro mendonça 15 de maio de 2011

Deixe seu Comentário