TransferJet é o fim da transferência de arquivos por cabos?

Da série ‘TransferJet – Tecnologia promete acabar com transferência por cabos

Ao contrário do que possa parecer, por mais que utilize um conceito semelhante, o Bluetooth não é a tecnologia que mais vai sofrer com a chegada do TransferJet.

Com esse novo projeto, a Sony pretende revolucionar o modo de transferir arquivos, que até agora era ditado pelas entradas USB.

A principal diferença entre os dois modos de envio de dados, além da velocidade, é a praticidade.

O já popular conhecido USB utiliza um sistema mais complexo se comparado ao TransferJet, já que necessita selecionar o arquivo, como e para onde ele será enviado.

Já com a nova tecnologia, isso funcionaria de maneira automática ao aproximar o aparelho do computador, por exemplo.

Outra vantagem sobre o USB é o simples fato de não necessitar de cabos para realizar essa troca de dados. Por utilizar um sistema wireless muito próximo do Bluetooth, não existe mais a necessidade da utilização de cabos para realizar qualquer tipo de transferência, já que a tecnologia da Sony oferece um método mais seguro. Assim você não precisa mais se arriscar conectando o pendrive em computadores públicos ou ficar na mão ao tentar utilizar um leitor com defeito por causa do constante “tira e põe”.

Novos mercados, grandes horizontes

A chegada do TransferJet, além de mudar o modo de fazermos transferência, traz grandes inovações para o segmento tecnológico. A Sony propõe a criação de quiosques em que o usuário pode realizar downloads através da nova tecnologia. Com isso, bastaria você chegar a alguns desses pontos e encostar seu celular ou qualquer outro equipamento equipado com a TransferJet para ter acesso a vídeos, músicas e imagens.

Além disso, a empresa japonesa ilustra a multifuncionalidade da tecnologia com o exemplo de um parque temático, em que o usuário poderia utilizar terminais de downloads para baixar mapas e outros materiais informativos sobre o local.

Coisa do futuro já no presente

Se você acredita que esse tipo de tecnologia deve ser lançada em um futuro distante, saiba que vai ser possível encontrar um aparelho com TransferJet nas lojas mais cedo do que você imagina.

No ano passado, a Sony já divulgou diversos protótipos de produtos equipados com o novo recurso em várias feiras, como celulares, notebooks e câmeras digitais. Além disso, no final de novembro deste ano, a gigante de eletroeletrônicos lançou dois chips com TransferJet integrado.

Mas não apenas a empresa japonesa tem investido nesse novo modo de realizar transferências. Outros grandes nomes do ramo tecnológico mostraram interesse e também começaram a produzir aparelhos equipados com o TransferJet, como a Casio, Pioneer, Sharp, Panasonic, Seiko e Toshiba, que já mostrou o protótipo de um celular capaz de realizar esse tipo de troca de dados.

Outras marcas renomadas também assinaram contrato para utilizar a tecnologia da Sony em seus produtos. É o caso de Canon, Nikon, Olympus e JVC, especialistas em câmeras digitais e filmadoras, equipamentos que se beneficiarão com a novidade.

Todos os aparelhos equipados com o TransferJet vão possuir um pequeno selo indicativo com o símbolo da tecnologia, de maneira semelhante ao que acontece com aqueles que possuem suporte para Bluetooth.

Além disso, a Sony pretende lançar uma espécie de leitor para fazer a integração com equipamentos fora da tecnologia. Nos exemplos divulgados, é o acessório utilizado em uma televisão para que ela consiga acessar os arquivos de uma câmera digital.

Nenhuma Resposta

Deixe seu Comentário