Telefónica compra a GVT, e deve incorporá-la à Vivo

O grupo francês de mídia Vivendi concluiu um acordo para vender seu negócio brasileiro de banda larga GVT para a espanhola Telefónica por dinheiro e ações no valor de cerca de 7,2 bilhões de euros (9,29 bilhões de dólares), anunciaram as empresas nesta sexta-feira.

A transação está sujeita à aprovação regulatória no Brasil.

A Telefónica planeja incorporar a GVT à Vivo, sua marca de telefonia móvel no Brasil, para criar o maior grupo de telecomunicações do país, a Telefônica Brasil.

Sob o acordo, a Vivendi vai receber não apenas uma participação de 7,4 por cento na Telefônica Brasil e 4,66 bilhões de euros em dinheiro, mas também optou por tirar das mãos da Telefónica sua participação remanescente na Telecom Italia – 8,3 por cento do capital votante da Telecom Italia, ou 5,7 por cento do seu capital social total.

Telefónica compra a GVT

Deixe seu Comentário