Sexo, mentiras e vídeo-tape no trabalho

“Mensagens sobre sexo, mentiras e vídeo-tape DEVEM ser enviadas S.E.M.P.R.E pelo email de uso pessoal”

Este aviso foi ouvido em alto e bom som de um diretor de empresa, em explanação à sua equipe de analistas sobre privacidade e bom conduta no trabalho.

A palestra era baseada no artigo ‘Cuidado: mau uso do email pode justificar demissão‘, publicado aqui no Infoescravo.

Sobre a demissão, acho que ele falava sério… Será?

Deixe seu Comentário