Portal do Empreendedor recebe 6 mil visitas

Mais de 6 mil empreendedores se formalizaram somente nos dois primeiros dias de ampliação do alcance do Portal do Empreendedor, que desde segunda-feira, atende a todo o Brasil.

A nova formatação possibilita a inscrição, sem burocracia e de modo ágil.

Agora, os empreendedores de todo o país poderão se registrar e atuar legalmente, retirando, na hora, o CNPJ da empresa.

Pelo novo sistema, o empreendedor precisará acessar apenas uma tela para o cadastro, em vez das quase 40 anteriores, que pediam 41 tipos diferentes de informações.

Outra novidade é que o empreendedor individual não precisará ir às Juntas Comerciais para preencher, assinar ou entregar formulários em papel.

Para o novo empreendedor, as informações necessárias são os números do RG, CPF e CEP, a nacionalidade, a data de nascimento, um ponto de referência do endereço e o código da Classificação Nacional de Atividade Econômica (Cnae), disponível no próprio portal.

Essas informações são automaticamente checadas nos demais sistemas do governo e, estando corretas, permitirão a inscrição imediata. Até agora, aproximadamente 400 atividades foram levantadas como sendo de empreendedores individuais. A lista está disponível no Portal do Empreendedor.

Para ser considerado um empreendedor individual, o interessado deve ter renda de até R$ 36 mil por ano, não possuir participação em outra empresa como sócio ou titular e ter apenas um empregado contratado que receba o salário mínimo da categoria.

Até o dia primeiro de fevereiro, o portal registrou quase 138 mil formalizações e mais de três milhões de acessos do Brasil e outros 92 países. A meta é de um milhão de empreendedores formalizados em 2010.

Deixe seu Comentário