O que falta no iPad?

Todos os aplicativos do iPhone funcionam no iPad, que também suporta o iWork, pacote de aplicativos da Apple que compete com o Office da Microsoft.

O público especializado, no entanto, sentiu falta de uma série de itens considerados “indispensáveis” para que o iPad pudesse ser considerado (mais) um produto “matador” da Apple.

Confira algumas “limitações” do novo tablet

Câmera de vídeoO iPad tem wi-fi e 3G, mas perde força ao dispensar uma câmera. Com isso, o dispositivo – que também não tem webcam – poderia se tornar uma boa ferramenta para teleconferência, por exemplo.

Recurso multitarefa – Cada vez mais acostumado a fazer várias tarefas ao mesmo tempo no computador, o usuário tem tudo para se sentir um tanto “amarrado” no iPad, já que o aparelho só permite abrir um aplicativo por vez.

USB – Em vez de optar pela porta USB, presente em outros produtos da companhia, a Apple oferece o conector dock e já anunciou um kit de conexão para câmeras, com adaptadores para câmera e SD card.

Suporte a Flash – Como o Flash está presente em muitos sites, a falta de suporte a essa tecnologia é um entrave na experiência de navegação do usuário.

Memória – O iPad estará disponível inicialmente com três capacidades de armazenamento – 16GB, 32GB e 64 GB –, bastante limitadas para quem quiser guardar muitos filmes em alta definição, por exemplo.

HDMI – E já que o assunto é alta definição: sem saída HDMI, o iPad não poderá ser conectado a um monitor HD, por exemplo.

Nenhuma Resposta

  1. Pingback: Câmera de MacBook no iPad 3 de fevereiro de 2010
  2. Pingback: Tire suas dúvidas sobre o iPad 29 de janeiro de 2010

Deixe seu Comentário