Microsoft quer profissionais MVP no Brasil

Por Max Gonzales

Os profissionais de TI que são muito atuantes em fóruns blogs, Usenets e comunidades de tecnologia podem ganhar um título da Microsoft: MVP.

Os Most Valuable Professionals são consultores reconhecidos pela Microsoft como atuantes e influentes junto à comunidade de TI, dentro de 50 áreas tecnológicas, por exemplo, Exchange, .NET, SQL Server, SharePoint e Xbox.

Por isso, são informados com antecipação sobre novos lançamentos da Microsoft em suas áreas.

Em todo o mundo, há 2 800 MVPs, distribuídos em 81 países, sendo apenas 85 no Brasil. A empresa quer justamente aumentar o número no país incentivando os membros de comunidades e fóruns de discussão de tecnologia, sejam online ou offline, a indicar o que a Microsoft chama de “consultores confiáveis” ao título de MVP. O programa foi criado em 1997.

Embora a Microsoft não pretenda dar a conotação de prêmio ou alavanca para a carreira profissional ao programa MVP, os consultores que recebem o título ganham prestígio e visibilidade no mercado, o que pode proporcionar oportunidades profissionais e demanda de serviços. Muitos deles, segundo a Microsoft, administram sites, escrevem livros sobre as tecnologias da empresa e participam de eventos técnicos.

O título de MVP é validado uma vez por ano, e para conseguir isso o profissional deve continuar atuando nos fóruns, compartilhando com os membros das comunidades o seu próprio conhecimento e as informações cedidas pela Microsoft.

Deixe seu Comentário