Mac OS X 10.7 Lion sem ‘Samba’

A Apple retirou o software de código aberto ‘Samba’ do Mac OS X 10.7 Lion.

A empresa vai substituir o Samba por sua própria ferramenta de compartilhamento de arquivos com computadores rodando o Windows e serviços de diretório de rede.

A Apple começou a usar o Samba no Mac OS X 10.2 e passou a permitir com que os usuários de Mac possam conectar à computadores usando o Windows na mesma rede e possa trocar arquivos por meio de serviços de rede baseados no protocolo SMB (Server Message Block, também conhecido como Windows File Sharing), fornecidos pelo projeto de código aberto Samba.

Esta alteração ocorreu porque os desenvolvedores do Samba decidiram mudar o produto para uma licença de uso mais restrita, que impede que a Apple use o software comercialmente.

Os usuários poderão usar o Samba por sua conta e integrá-lo ao Mac OS X, mas o Samba não tem uma ajuda especializada para os usuários do Mac.

A Apple não estará mais presa às limitações do Samba e poderá introduzir uma melhoria para a conexão de rede nas versões futuras entre o Mac OS X e o Windows.

Deixe seu Comentário