Livre seu computador do vírus Conficker

Ontem, os internautas e as empresas de segurança ficaram em alerta para um possível ataque do vírus Conficker.

Ele não deu as caras. Mas isso não significa que o vírus foi eliminado e sumirá do mapa.

O risco do Conficker entrar em ação a qualquer momento é alto e real.

E se isso acontecer, as máquinas contaminadas pela praga podem infectar outras e atrapalhar a vida do internauta, já que ela desabilita as atualizações automáticas do Windows e o recurso de recuperação de sistema. Além disso, o vírus pode abrir a porta para outros vírus e deixar a internet lenta.

O Conficker, para quem não sabe, já infectou 15 milhões de computadores. Ele é considerado tão poderoso que a Microsoft dará uma recompensa de 250 mil dólares para quem entregar o seu criador – ou a trupe que “administra” a praga virtual.

Se você, internauta, não quer correr riscos com o vírus, o primeiro passo é identificar se o vírus está no seu sistema. O aplicativo Conficker Detection Tool, faz essa verificação para você.

Caso o programa revele que o sistema que você usa está livre do vírus Conficker, atualize o antivírus e o Windows. Assim, as chances de contaminação diminuem.

Agora, se o programa identificar que o Windows está contaminado com o vírus Conficker, é preciso rodar um software para livrar o sistema da praga digital. Para essa função, oferecemos os programas W32.Downadup Removal Tool e o F-downadup.

Um detalhe importante: depois de rodar um dos programas, é extremamente recomendável atualizar o antivírus e o sistema operacional Windows.

Deixe seu Comentário