Kindle – Um e-book de verdade

Há muito tempo se fala em um aparelho que faça pelos livros o que o iPod fez pela música.
Até agora, foi só vapor.

Algumas empresas desconhecidas apostaram nesse filão no início dos anos 2000, mas nenhum produto fez sucesso, principalmente devido ao design precário e à falta de títulos disponíveis.

Faltava um nome de peso para desbravar esse mercado.

Kindle, da AmazonA Sony foi a primeira a investir, com o Sony Reader, lançado no fim de 2006. Mas o Kindle é superior em vários aspectos, incluindo a presença de conexão sem fio. Vamos a algumas características do aparelho, lançado pela Amazon:

  • Tamanho próximo ao de um caderno
  • Conexão à internet sem fio por meio de rede 3G
  • Capacidade de armazenar cerca de 200 livros (ou mais, com cartões de expansão)
  • Conexão direta com a Amazon para compra de livros.
  • Aplicativo de e-mail
  • Mais de 88 mil livros disponíveis no lançamento
  • Ferramenta que permite fazer assinaturas de revistas e jornais
  • Leitor de PDFs e arquivos do Word
  • Tela de leitura equipada com tecnologia E-Ink

Com todas essas características, o Kindle pode, finalmente, trazer os livros para o mundo digital. Muitos dizem que um dos fatores que impedem esse movimento é o apego de muitas pessoas à sensação física de tocar um livro. Bom, talvez você possa trocar sua desajeitada estante cheia de livros por uma pequena biblioteca digital que guarde todos os seus livros favoritos.

Nenhuma Resposta

  1. Pingback: Usando o BlackBerry como um visualizador de PDF 9 de novembro de 2009

Deixe seu Comentário