Israel aborta ação militar que vazou no Facebook, diz rádio

JERUSALÉM (Reuters) – Os militares israelenses cancelaram uma ação em território palestino depois que um soldado divulgou detalhes, inclusive hora e lugar, no site de relacionamentos Facebook, disse a Rádio do Exército na quarta-feira. O soldado, já dispensado das funções de combate, descreveu em uma atualização de status como sua unidade planejava uma “limpeza” (operação de prisão de militantes) numa parte da Cisjordânia, e acabou denunciado às autoridades militares por “amigos” da rede, segundo a rádio. As Forças Armadas não se manifestaram oficialmente sobre o caso.

Israel diz que suas incursões na Cisjordânia visam à captura de militantes suspeitos de planejarem atentados contra Israel. A Autoridade Palestina afirma que essas operações dificultam o seu próprio trabalho de impor a lei e a ordem no território.

Deixe seu Comentário