Google vende Motorola para Lenovo por US$ 3 bi

O Google acaba de anunciar a venda de sua unidade Mobility, que inclui a Motorola, à chinesa Lenovo.

O valor da negociação é de 2,91 bilhões de dólares.

A aquisição pode ser ótima para a empresa da China. Já considerada a maior fabricante de PCs da atualidade, a Lenovo possui alguns smartphones e uma parcela considerável do mercado no país de origem, mas ainda engatinha no ramo de dispositivos móveis fora dele.

Ao Google, no entanto, vender a unidade da Motorola é praticamente admitir que a negociação bilionária de 2011 foi um fracasso.

O gigante de buscas adquiriu a fabricante de celulares por 11,5 bilhões de dólares no período, com o objetivo de desenvolver sua unidade de aparelhos móveis. No entanto, a vendeu por menos de um quarto do valor investido.

Mesmo depois de comprada, a velha companhia continuou perdendo dinheiro, preocupando acionistas e analistas. Além disso, o topo de linha Moto X vendeu menos do que o esperado – apesar de o Google dizer que o aparelho está bem no mercado -, mesmo sendo um bom aparelho.

google motorola

O acordo, aliás, dará à Lenovo o controle sobre todos os modelos já lançados pela Motorola, incluindo o já mencionado X e seu irmão de baixo custo, Moto G.

Deixe seu Comentário