Demanda cresceu após Microsoft abrir Windows a browsers–Opera

HELSINQUE (Reuters) – A Opera Software informou na quarta-feira que viu uma alta nos downloads de seu browser depois que a Microsoft começou a dar aos europeus a opção de escolherem o programa de navegação pela Web que desejam usar no Windows. “Desde que a tela de escolha de browser surgiu, os downloads de Opera mais que triplicaram em importantes países europeus”, afirmou o vice-presidente de estratégia da Opera, Rolf Assev, citando Bélgica, França, Espanha, Polônia e Reino Unido. Em 16 de dezembro, autoridades da União Europeia aceitaram oferta da Microsoft para dar aos europeus um acesso melhor a browsers rivais no Windows, encerrando um longo caso que envolvia leis de defesa da concorrência.

Desde o início desta semana, a Microsoft tem permitido que os usuários selecionem uma opção entre 12 browsers em mais de 100 milhões de PCs novos e antigos. As opções incluem, além do Opera e do Internet Explorer, os programas Firefox, Safari e Chrome.

Deixe seu Comentário