Os pais são responsáveis pelo computador das crianças?

Quando o assunto são as crianças pequenas, liberar o uso do computador sem nenhum tipo de software que filtre conteúdos pornográficos, violência ou qualquer outro tipo de conteúdo virtual que não seja seguro ou benéfico é uma irresponsabilidade.

Pouca gente se dá conta disso.

Existem algumas regras fundamentais para garantir que o computador não seja prejudicial para crianças e adolescentes. Veja:

  1. Deixe computador na sala ou em áreas comuns da casa.
    Somente assim você poderá ter algum nível de controle sobre como está sendo usado o micro.
  2. Use o computador junto com as crianças.
    Dessa forma você acompanha o desenvolvimento de seus filhos e fica por dentro das coisas que interessam a eles, dos games ao messenger.
  3. Crie regras para o uso, com dias e horários determinados.
    Essa é a única forma de evitar os excessos. É melhor ir dando liberdade aos poucos. Depois, será muito mais difícil tentar controlar.
  4. Crie uma conta de usuário do PC para cada morador da casa.
    Assim você protege sua privacidade e evita danos ao sistema operacional do micro, limitando o que as contas das crianças podem fazer.
  5. Perceba quando sua criança vira um adolescente.
    Seus filhos também merecem privacidade. Conforme crescem, dê a eles cada vez mais autonomia e privacidade.

E, lembre-se: Se os adolescentes encontrarem restrições demais em casa, vão procurar usar computadores de amigos e Lan houses.

via Ricardo Anderáos

Deixe seu Comentário