A História dos Videogames – Quinta geração (3264-bit)

Quinta geração (3264-bit)
O considerado primeiro console de 64-bit foi o Atari Jaguar, lançado em 1993.

Com pouco marketing e títulos decentes, foi um fracasso e a última tentativa da Atari em hardware.

Outro console fracassado da quinta geração foi o 3DO, que apesar da publicidade e apoio de desenvolvedoras, teve vendas abatidas pelo preço alto.

A quinta geração marcou o advento dos jogos em 3D, como Super Mario 64, Tomb Raider e Final Fantasy VII, além de mais realismo e ação ao invés da fantasia e velocidade de jogos como Sonic e Mario.

Os três consoles mais importantes dessa era foram:

  • Sega Saturn tinha poucos jogosSega Saturn (1994-Japão e 1995-EUA), rodava jogos em CD-ROM.Muito bem-sucedido no Japão, mas não no resto do mundo, devido á menos jogos (a complexa engenharia interna do Saturn tornava a programação difícil) e fãs irritados com o monte de periféricos do Mega Drive.

    Os grandes sucessos vinham de conversões de arcade (Virtua Fighter, Daytona USA, Virtua Cop, Sega Rally) ou títulos originais da própria Sega (Panzer Dragoon, NiGHTS into Dreams). Vendeu 10 milhões de consoles. Lançado no Brasil pela Tec Toy.

  • PlayStation (1995), da novata Sony, nascera como um periférico de CD do Super NES.Conseguiu logo o apoio de softhouses como Square (a série Final Fantasy, Chrono Cross), Konami (Metal Gear Solid, Castlevania: Symphony of the Night) e Namco (Tekken, Ridge Racer), assim tendo grande biblioteca de jogos. Tornou-se o líder da geração, com 100 milhões de consoles. Não lançado oficialmente no Brasil (apenas importado).
  • Nintendo 64 - Como o Sega Saturn, sofria com a falta de jogosNintendo 64 (1996), possuía 64-bits.Por manter o formato de cartucho, perdeu muitos desenvolvedores, e a maioria dos títulos vinha da própria Nintendo (Super Mario 64, The Legend of Zelda: Ocarina of Time, F-Zero X) ou da subsidiária Rare (GoldenEye 007, Banjo-Kazooie, Perfect Dark).

    Ainda assim, garantiu o segundo lugar com 33 milhões de consoles. Lançado no Brasil pela Gradiente.

« Anos 90Portáteis »

Nenhuma Resposta

  1. Pingback: A História dos Videogames - Os Portáteis 4 de maio de 2009
  2. Pingback: A História dos Videogames - Anos 90 4 de maio de 2009

Deixe seu Comentário