Viciados em redes sociais atualizam da cama e do banheiro

Para quem sente que as redes sociais têm ocupado cada vez mais o nosso tempo, pode ser que vocês estejam certos.

Um estudo realizado pela Retrevo, 48% dos entrevistados afirmou que atualizam o Facebook ou o Twitter assim que acordam ou antes de dormir.

Na faixa etária até 25 anos, 19% responderam que atualizam as redes sociais caso acordem de noite, e 11% dos usuários acima dos 25 anos garantiram que fazem o mesmo.

Além disso, grande parte dos entrevistados não se incomoda de ser incomodados com mensagens eletrônicas: quase 50% dos participantes do estudo menores de 25 anos disseram não ter problemas ao serem interrompidos durante uma refeição, e 11% afirmaram não se importar com mensagens durante o sexo.

Quase metade dos entrevistados afirma que checam suas redes sociais antes mesmo de sair da cama.

Escrever mensagens no banheiro também parece não incomodar essa geração que está imersa nas redes sociais: 24% dos jovens responderiam mensagens durante suas necessidades fisiológicas.

Para Dan Olds, analista do The Gabriel Consulting Group, esse comportamento pode ser afetar negativamente a vida dos usuários. ‘Isso pode causar problemas na vida real, já que consome amis e mais tempo e atenção’, disse ele em entrevista ao site ComputerWorld. No entanto, Andrew Eisner, diretor de comunicação e conteúdo da Retrevo, lembra que o estudo não aponta as redes sociais como algo perigoso.

‘Nós não estamos qualificados para declarar uma ‘crise das redes sociais’, mas quando quase metade dos usuários declara que verifica o Facebook ou Twitter em algum horário durante a noite ou quando acabam de acordar, você precisa pensar se essas pessoas não estão sofrendo de algum tipo de vício em mídias sociais’, defendeu ele.

O estudo completo pode ser conferido no site da Retrevo pelo atalho bit.ly/bzYKi6

Deixe seu Comentário