Seu cartão de visitas pode não seguir o padrão da empresa

Quebre as regras, principalmente as corporativas

Isto mesmo: nem sempre os cartões padrão da empresa são os mais adequados às suas atividades e objetivos.

Veja um exemplo real, que aconteceu em nossa empresa:

Certa vez, o cartão de uma funcionária aqui da Tetera Consultoria não foi aprovado pelo departamento comercial. Porém, após relatar os motivos e objetivos que a haviam levado a confeccionar o tal cartão ‘diferente’, resolvemos deixá-la experimentar e distribuir o cartão.

Quer saber qual foi o resultado? Ela acabou lançando e se tornou responsável por um novo setor, dentro da empresa.

O fato é que, como no exemplo de nossa diretora, os cartões mais diretos menos padronizados podem surtir melhor efeito.

Ser diferente não é necessariamente ruim. Mas seja original

Um dos meus cartões de visitas preferidos é o de Matt Mullenweg. Ele diz apenas:

“1. Vá até google.com. 2. Digite “Matt.” 3. Clique em “Estou com sorte.”

Não esqueça de adicionar um número de telefone.

« Anterior 1 2 3 4 5 Próximo »

Nenhuma Resposta

  1. Pingback: Imagens e slogans no cartão de visitas 24 de fevereiro de 2009

Deixe seu Comentário