Reduzindo a temperatura do ar com o resfriador de ar evaporativo

A redução de temperatura (diferença entre a temperatura de entrada e saída do ar no resfriador evaporativo), obtida com o processo de resfriamento evaporativo, depende fundamentalmente da umidade relativa do ar.

Quanto mais baixa a umidade relativa maior a redução de temperatura obtida.

Em grau menor, a redução de temperatura depende também da temperatura de entrada e da pressão barométrica, que por sua vez depende da altitude local.

A tabela abaixo mostra a redução de temperatura do ar prevista para um resfriador de ar evaporativo, em função da umidade relativa do ar para temperaturas de ar de 25°C , 32°C e 37°C. Para outras temperaturas de entrada do ar o diferencial de redução de temperatura pode ser facilmente interpolado.

Através desta tabela pode-se constatar que a redução de temperatura obtida no resfriador evaporativo depende muito mais da umidade relativa do que da temperatura de entrada.

Redução de temperatura obtida na saída do resfriador evaporativo

Redução de temperatura obtida na saída do resfriador evaporativo em função da umidade relativa

A temperatura resultante no ambiente depende da carga térmica, da vazão e temperatura do ar insuflado. Normalmente o resfriador evaporativo é dimensionado para que a temperatura no ambiente fique de 2 a 5 °C acima da temperatura de saída do resfriador.

Variação da temperatura do ar de saída do resfriador evaporativo

O quadro acima mostra a variação da temperatura do ar de saída do resfriador evaporativo sobreposta ao gráfico da temperatura externa e umidade relativa típicos de uma seqüência de dias típica do verão.

Como a umidade relativa varia ao longo do dia de modo inverso à variação da temperatura, o resfriador evaporativo consegue obter a maior redução de temperatura justamente nas horas mais quentes do dia e principalmente nos dias mais quentes, quando há maior necessidade de resfriamento.

O resfriador evaporativo atenua significativamente o pico de temperatura, que ocorre entre as 10 horas e 17 horas, porque trabalha com temperatura de saída próxima à temperatura de bulbo úmido, que varia pouco ao longo do dia. O processo é auto-regulado por um termostato natural, que não permite que a temperatura ultrapasse a temperatura externa do início da manhã.

« O que é resfriamento evaporativo ?

Como ter um bom funcionamento de sistemas de resfriamento evaporativo »

Nenhuma Resposta

  1. Pingback: O que é resfriamento evaporativo ? 11 de janeiro de 2010

Deixe seu Comentário