Que tipo de tela de TV devo escolher?

O plasma gera imagem de melhor qualidade, a preço mais baixo; o LCD permite aparelhos mais finos.

O tipo de tecnologia da tela gera uma das questões mais comuns na hora de escolher uma TV. O que é melhor: plasma ou LCD?

Se a questão é a qualidade da imagem, a resposta é plasma. A tecnologia cria imagens mais definidas, especialmente para cenas com movimentos rápidos, como eventos esportivos e filmes de ação. Ajustes de cor, brilho e contraste são mais precisos.

No passado, as TVs de plasma eram criticadas por deixar manchas na tela. O problema foi resolvido, e os modelos atuais são eficientes na movimentação de pixels.

Além disso, a TV de plasma costuma ser de 10% a 20% mais barata do que uma TV de LCD de tamanho similar. Porém, a tecnologia caminha para o desuso.

O LCD é a tecnologia mais popular do mercado –há mais modelos à venda que usam esses painéis de cristal líquido em vez de telas de plasma. As TVs de LCD se dividem em dois tipos, de acordo com a fonte de luz da tela.

Há o LCD tradicional, no qual essa fonte é um tipo de lâmpada fluorescente.

E há o LED, que nada mais é do que uma tecnologia mais moderna de iluminação. Nela, sai a lâmpada fluorescente e entra um conjunto de LEDs, minilâmpadas chamadas diodos emissores de luz.

Em relação ao LCD tradicional, o LED permite produzir TVs maiores e mais finas. Estudo da consultoria IHS iSuppli indica que mais de 70% das TVs de LCD produzidas em 2012 usarão LED.

O mercado oferece aparelhos equipados com LED de borda (edge-lit) e com LED completo (local dimming).

O primeiro traz LEDs organizados ao longo da borda da tela. Já o completo espalha LEDs por trás da tela, melhorando o brilho e o contraste das imagens.

Diferenças entre TV LCD e plasma

Nenhuma Resposta

Deixe seu Comentário