Polícia apreende material do blogueiro que divulgou iPhone 4G

Na última sexta-feira (23/04), a polícia da Califórnia realizou uma apreensão na casa de Jason Chen, editor do blog de tecnologia Gizmodo.

O motivo foi a divulgação de imagens de um aparelho iPhone 4G, que ainda nem foi lançado pela Apple, mas que foi vendido por US$ 5 mil a Chen por uma pessoa que alega tê-lo encontrado em um bar.

A ação policial está gerando polêmica nos Estados Unidos.

A Electronic Frontier Foundation (EFF), organização não-governamental que defende as liberdades civis no meio digital, afirmou que a ação da polícia foi ilegal. A diretora da organização, Jennifer Granick, em entrevista à Wired, afirmou que a apreensão viola leis estaduais e federais.

Nos Estados Unidos, de acordo com o Privacy Protection Act, não é permitido confiscar material de jornalistas, mesmo que seja para a investigação de crimes. Para Jennifer, nesse caso, “os investigadores precisariam conseguir uma intimação, que ainda assim daria o direito ao repórter de questionar na justiça a solicitação”.

Entretanto, a lei não cita os blogueiros, caso de Chen. “Os blogueiros são jornalistas? Eu acho que vamos descobrir”, escreveu o presidente do site Gawker, Nick Denton.

Foram apreendidos computadores, celulares, máquinas fotográficas, discos de memória e documentos com detalhes sobre a conta bancária de Chen.

Deixe seu Comentário