O que fazer na hora de migrar do XP para o Vista?

por Redação da PC World

Passados quase dois anos do lançamento do Vista, muitos usuários continuam com o Windows XP instalado em seu PC – sem contar aqueles que fizeram o downgrade e instalaram a versão antiga do sistema operacional em um computador que trouxe o Windows Vista instalado.

Mas, convenhamos: cedo ou tarde, para que se possa aproveitar tudo o que a tecnologia oferece, nos vemos obrigados a ceder e a migração para o Vista chega a ser quase obrigatória.

O que fazer, então, para evitar percalços? Que cuidados tomar?

Para começar, saiba que seu PC precisa de uma revisão. Quando o XP foi lançado, 256 MB de memória RAM era um luxo. Hoje, o Vista nem carrega em PCs com tal configuração. Se seu micro foi comprado há um ou dois anos, é muito possível que você possa usá-lo sem grandes sobressaltos com o Windows Vista.

A Microsoft informa que 512 MB de memória são suficientes, mas não é o mais recomendável. PCs com 1 gigabyte são essenciais, mas com um pente de memória de 1 GB custando menos que 80 reais, ter dois gigabytes vai ajudar sua migração a ser um sucesso – e você terá uma ótima experiência com o novo sistema.

Os processadores disponíveis nos últimos anos evoluíram muito e provavelmente seu PC deve ter um destes com velocidade de 2 GHz ou mais. Basta.

Acredite: memória abundante é mais relevante que processador avançadíssimo.

Claro que os modernos chips com dois ou mais núcleos rodarão muito bem o Vista, mas não são essenciais.

Continua »

Nenhuma Resposta

  1. Pingback: Download do Guia Oficial do Windows Vista 8 de dezembro de 2008

Deixe seu Comentário