O Diagnóstico no planejamento de um site

A primeira etapa para começar a se pensar em um site é o diagnóstico.

Nesta fase, são levantadas todas as variáveis que podem influenciar na condução do projeto.

É nela que também devemos ter um entendimento real dos objetivos de comunicação e suas metas, e fazer análise de pesquisas e estudos que permitam embasar a tomada de decisões.

Entendimento da demanda. O projeto começa com a reunião de kick off, onde é apresentada uma proposta de cronograma de atividades a serem cumpridas em determinado espaço de tempo, bem como a definição dos integrantes do grupo de trabalho e seus respectivos papéis.

É fundamental nomear um gestor do projeto, um sponsor ou patrocinador, e definir os respectivos papéis dos responsáveis pela comunicação, marketing e tecnologia.

É neste início também que devem ser envolvidos os representantes das áreas que fornecerão conteúdo, geralmente os gestores de unidades estratégicas da instituição/cliente, que terão o papel de apoiar a iniciativa, garantindo o seu sucesso.

A partir dessa reunião, é importante que o gestor e a empresa contratada para o planejamento do site agendem e acompanhem uma série de encontros com os responsáveis das áreas envolvidas, para aprofundar o entendimento do negócio e das necessidades de comunicação específicas do projeto.

Nesse processo será levantado o tom do discurso e também as informações disponíveis, que servirão como insumos para a construção do conteúdo e para a arquitetura da informação.

Como exemplo, em um portal de uma universidade, é importante que sejam feitas uma série de entrevistas em profundidade com todas as áreas gestoras da instituição, para entendimento da atuação e levantamento de conteúdo e produtos e serviços que poderão ser oferecidos ao público em geral.

Entendimento da necessidade do público. Depois de compreender o que o patrocinador do projeto almeja, é vital também ouvir o que pensa o público, para encontrar um meio termo que garanta o sucesso da iniciativa.

Qualquer insumo que afira a opinião externa pode ter utilidade na fase de levantamento.

Dados interessantes para esta etapa são pesquisas de opinião e de hábitos/necessidades feitas com os mesmos públicos do site, relatórios de mensagens do serviço de atendimento ao cliente ou do fale conosco do site.

Veja também

No caso de reformulação de um site existente, vale a pena investir em algum tipo de pesquisa de opinião com seus usuários para verificar oportunidades de melhoria. Neste caso, ao contratar uma nova pesquisa ou um teste de usabilidade, que é o ideal, é importante que seja escolhido um fornecedor especializado, que saberá como captar hábitos da audiência no que diz respeito ao uso da internet e mídias digitais e necessidades, com metodologias específicas.

Análise de métricas. Na internet, métrica é um termo que designa as estatísticas de visitação, como número de páginas vistas, visitantes, entre outros. No caso de reformulação de sites ou portais já existentes, é fundamental que seja feita uma análise das métricas atuais do veículo. Assim temos um retrato fiel das áreas mais atraentes e daquelas que merecem atenção especial.

Avaliação da navegabilidade do site atual. Nesta etapa, a equipe de planejamento, arquitetura e criação que estará envolvida no projeto avalia o site atual para verificar oportunidades de melhoria e gargalos a serem resolvidos. Esse estudo normalmente é feito com o apoio da análise de métricas.

Benchmarking. É fundamental também que faça parte da etapa de levantamento uma avaliação de projetos bem sucedidos.

Muitas vezes a análise das melhores práticas da concorrência pode ser feita não apenas em projetos similares, mas também em ações que contenham soluções criativas para problemas semelhantes, mesmo que em campos totalmente diferentes.

Relatórios. O final da etapa de diagnóstico pode ser um relatório com a análise do ambiente externo e interno, que pode ser validado pelos gestores e sponsor para embasar e dar credibilidade e nortear o projeto.

Da série “Principais passos para o planejamento de um site

Nenhuma Resposta

  1. Pingback: Principais passos para o planejamento de um site 11 de agosto de 2009

Deixe seu Comentário