Mobo White 1050 – Componentes internos

Ao contrário do Mobo original, o acesso ao interior do White 1050 é bem mais fácil, bastando remover a bateria e todos os parafusos localizados na sua base.

O curioso é que alguns deles também fixam alguns componentes internos como o disco rígido e a ventoinha.

O hardware do White 1050 é interessante e traz alguns componentes convencionais, como o pente de memória SODIMM DDR2-667 e o disco rígido de 2,5″ com porta SATA (os mesmos usados nos atuais notebooks de linha), o que pode facilitar sua vida se, depois você quiser fazer um upgrade.

O Mobo já vem com 512 MB de memória já soldado na placa-mãe, sendo possível aumentar a memória desse equipamento para até 1,5 ou 2,5 GB bastando apenas substituir o módulo original por outro de 1 GB ou 2 GB respectivamente.

Removendo a placa metálica localizada à direita do HD, você tem acesso ao chipset e ao processador do Mobo. Notamos que essa peça é, na realidade, um dissipador de calor para o chipset 945G e o processador Atom que nem está conectado fisicamente com a ventoinha, que parece trabalhar mais para retirar o calor do interior do gabinete.

De fato, não há calor excessivo gerado pelo Mobo 1050.
Oferta de Netbooks no Submarino

« Anterior 1 2 3 4 5 Próximo »

4 Comments

  1. Ozana 15 de julho de 2012
  2. Ranyel 1 de novembro de 2011
  3. Eduardo Tetera 16 de Fevereiro de 2010
  4. moacir 15 de Fevereiro de 2010
  5. Pingback: Testamos o netbook Positivo Mobo White 1050 7 de Março de 2009
  6. Pingback: Mobo White 1050 - Desempenho gráfico e bateria 7 de Março de 2009

Deixe seu Comentário