Microsoft pula o 9 e lança Windows 10

A Microsoft anunciou hoje o Windows 10, a nova versão do sistema operacional da empresa. “O novo sistema desbloqueia novas experiências para permitir que os usuários trabalhem, joguem e se conectem”.

Amanhã, a empresa irá liberar a versão do Windows 10 para desenvolvedores, chamada de Technical Preview.

A edição para servidores chegará em breve.

Já para consumidores em geral, o novo sistema deve chegar somente em 2015.

O produto deve reforçar a unificação de plataformas dentro da Microsoft. Uma boa notícia para os usuários do sistema Windows é que o menu iniciar voltou. Seu tamanho pode ser modificado e seu visual alia características do Windows 7 e do Windows 8.

Os aplicativos desenvolvidos para o Windows 8, que eram executados sempre em tela cheia, agora poderão ser usados na área de trabalho clássica do Windows. A Microsoft quer que os usuários de PCs com mouse e teclado tenham sua interface familiar. Foi intencional juntarem PC, tablet e smartphone. Capacidades similares, mas que no fim se diferenciam.

Windows 10 e o menu iniciar

Outra novidade que facilita o uso do Windows 10 é um característica que também é encontrada no Mac OS X, da Apple: a possibilidade de ter mais de uma área de trabalho. Cada interface personalizada pode ser acessada por meio da barra de tarefas, que é onde ficam os atalhos para cada uma delas.

Um novidade interessante para desenvolvedores é que no Windows 10 é possível utilizar o atalho “ctrl + V” para colar caminhos de diretórios no prompt de comando. Além disso, os atalhos usando as teclas Shift e Ctrl+Shift podem ser usadas para seleção de conteúdo assim como no restante do sistema.

Quanto aos aplicativos universais do novo Windows, a Microsoft informou que dará mais detalhes durante a Build 2015, sua conferência anual para desenvolvedores, que tradicionalmente ocorre no mês de abril.

Há novidades para o mercado corporativo também. Com o Windows 10, os clientes empresariais poderão personalizar a loja de aplicativos. “Essa será a melhor plataforma enterprise da história da companhia”, disse Myerson.”Estamos criando uma plataforma que tem escala, desde pequenos aparelhos a até servidores do Azure”, de acordo com a companhia.

Windows 10?

A Microsoft contrariou as expectativas e rumores e pulou o Windows 9, indo direto para o 10. Quanto a isso, a empresa informou que “quando você vir o produto em sua totalidade, você irá concordar que esse é um nome mais apropriado”. Além disso, devido a proposta de ser multiplataforma, a próxima edição do sistema para smartphones da empresa será chamada de Windows 10.

Deixe seu Comentário