Leve suas senhas e logon no pendrive

Este é o último artigo da série “5 formas seguras de gerenciar logons e senhas“.

No pendrive

Carregar as informações de logon de suas contas – acesso à rede corporativas, web banking, comércio eletrônico e tudo o mais – no pendrive tem uma série de vantagens. Elas estarão com você  o tempo todo (e acessíveis desde que o sistema onde elas serão utilizadas tenha pelo menos uma porta USB disponível).

O maior inconveniente desse tipo de solução é que você terá de carregar mais um dispositivo. Além das chaves do carro, telefone celular (e às vezes mais de um), notebook, token de acesso bancário e tudo o mais, será necessário acrescentar mais um gadget à sua coleção.

O que ocorre se você esquecê-lo em casa? Bem, terá de lembrar das senhas se quiser acessar o que está lá. E em caso de perda, além do fato de os dados armazenados no dispositivo terem sido perdidos – daí a importância de fazer backup inclusive dos dados que se carrega no pendrive – você terá de arcar com os custos do pendrive, que varia de acordo com a tecnologia envolvida.

Um modelo que ofereça recursos de biometria, por exemplo o JetFlash 210, da Trancend, tem preços a partir de 199 reais.

Uma solução mais avançada, mas ainda assim que usa um dispositivo flash como suporte, é o ID Vault, que custa cerca de 50 dólares, mais uma assinatura anual de 40 dólares. Antes de usá-lo em qualquer PC (é compatível com o Vista e com o XP), é necessário baixar e instalar um software no sistema cliente.

Nele, serão cadastradas as informações referentes aos serviços que deseja que o ID Vault controle, que depois serão gravadas de forma segura no pendrive. Daí pra frente, basta conectar o ID Vault em qualquer PC e um ícone será adicionado à bandeja do sistema. Um duplo clique nele, abre o software; selecione o site que se deseja acessar, forneça a senha mestra que você criou e o logon no serviço escolhido será feito para você.

Deixe seu Comentário