Fundação World Wide Web terá projeto de inclusão no Brasil

A organização sem fins lucrativos World Wide Web Foundation anunciou que começa a atuar em dois projetos de inclusão digital.

Um deles está no Brasil, feito em parceria com o CDI (Comitê para Democratização da Informática).

O anúncio foi feito por Berners-Lee, criador do protocolo internet, durante o Fórum de Governança da Internet 2009, em Sharm El Sheikh, no Egito.

A parceria com o CDI envolve levar ensino de tecnologia à população mais jovem.

A ideia é criar programas de treinamento e capacitação para a criação de sites e aplicações por jovens de comunidades carentes em cinco programas-piloto na América Latina, Europa e Oriente Médio.

Parte do projeto inclui criar um sistema para celulares com integração do uso de voz como interface. A Web Foundation cita que 25% da população mundial tem acesso à web, mas mais de 70% das pessoas têm acesso a aparelhos fixos e móveis capazes de mostrar conteúdo da web.

Segundo o CDI Brasil, as cidades não foram definidas ainda, mas devem incluir municípios em São Paulo e no Rio de Janeiro.

O outro parceiro da Web Foundation é a VU University Amsterdam, da Holanda. O projeto, chamado “Web Alliance for Re-Greening in Africa” (ou W4RA), pretende acelerar iniciativas de reflorestamento no continente africano ao ajudar na implementação de plataformas móveis baseadas na web e em voz.

Essas plataformas serão usadas para aumentar a comunicação entre especialistas em agricultura e agricultores de Burkina Faso, Mali e outros países da região.

Deixe seu Comentário