Fornecedores da Apple usaram trabalho infantil

Fato ocorreu em fábricas localizadas em países asiáticos.

Pelo menos onze crianças de 15 anos de idade trabalhavam em fábricas de fornecedores da Apple.

A informação foi dada pela própria empresa ao diário britânico Telegraph.

A Apple informou ainda que as crianças não estão mais trabalhando nas fábricas.

A empresa não especificou em que país ocorreu a exploração de trabalho infantil, mas a maioria dos fornecedores da empresa fica na China. A empresa também tem parceiros em Taiwan, Cingapura, Filipinas, Malásia, Tailândia, República Checa e Estados Unidos, enumera o Telegraph.

A Apple afirmou ainda que alguns fornecedores alteraram informações relativas a empregados para esconder casos de trabalho infantil e jornadas de trabalho excessivas.

Deixe seu Comentário