Empresa quer processar Apple e Microsoft

Uma empresa que produz tecnologia de segurança para áudio acusa Apple, Microsoft, Adobe e RealNetworks de recusar o uso de seus produtos nos tocadores de mídia.

A empresa, chamada Media Rights Technologies (MRT), tem sede na Califórnia e desenvolve uma tecnologia para evitar a cópia de streamings de áudio. Segundo ela, produtos como Vista, Adobe Flash Player, RealPlayer, iTunes e iPod foram produzidos sem levar em conta a propriedade intelectual da MRT.

Para ela, o Digital Millennium Copyright Act, lei americana de 1998, declara ilegal o ato de contornar proteção tecnológica que controla o acesso a obras com copyright. Em outras palavras, as quatro companhias citadas, no entender da MRT, deveriam usar a tecnologia que ela produz em seus tocadores de áudio.

O argumento pode parecer estapafúrdio, mas a MRT enviou ao quarteto Adobe, Apple, Microsoft e RealNetworks uma carta indicando que, se as empresas acusadas não mudarem de atitude, serão levadas à justiça. Essa história ainda vai render novos capítulos.

Deixe seu Comentário