Decisões sem pânico no trânsito

Duas cabeças pensam melhor do que uma, mas não quando se está correndo contra o relógio. Nesse caso, o bom mesmo é ter por perto o R-CAST, software que age como guru para situações estressantes.

Desenvolvido por pesquisadores da Penn State, nos EUA, o mecanismo foi projetado para ajudar equipes que lidam com pressão de tempo (em projetos militares, por exemplo) a tomar decisões. Encarregado de coletar e destrinchar todas as informações envolvidas em um ataque aéreo, por exemplo, o programa poupa os humanos das análises e permite que se dediquem a pensar no passo seguinte. Nos testes, esses times foram capazes de trabalhar com estabilidade por muito mais tempo.

Mesmo os maus motoristas estão a salvo com esses mecanismos. Confira:

1. Rastreamento de pista

Alguns modelos Infiniti (divisão de luxo da Nissan) possuem uma câmera que reconhece as marcações da pista. Uma luz acende e um alarme é acionado se o carro começa a desviar.

2. Controle de navegação

Sistemas das marcas Volvo e Toyota usam radar ou sensores laser para monitorar o espaço entre os veículos; quando o da frente freia, a velocidade diminui para manter a distância.

3. Pontos cegos

A solução da Volvo são câmeras acopladas aos espelhos laterais. Quando um carro entra nessa zona, um indicador pisca no espelho correspondente.

Deixe seu Comentário