Cuidado: Redes Sociais podem viciar e atrapalhar o trabalho

Há casos extremos que esse problema com o uso de redes sociais no trabalho pode levar até à demissão do funcionário.

Uma dessas situações aconteceu na empresa de Antônio Carroça, gerente de negocios industriais.

Ele não viu outra alternativa ao constatar o prejuízo na realização das tarefas.

“Tive que bloquear nas máquinas da minha recepcionista e secretária o uso das redes sociais, devido à utilização de Orkut, MSN e Youtube por muito tempo durante o dia.

A consequência é que, toda vez que pedia algo, demoravam uma semana para fazer. Mesmo depois de bloqueadas as máquinas, uma delas foi lá e removeu a trava. Demiti na mesma hora”, diz o gerente.

Liberar o uso das redes sociais com responsabilidade foi até uma das tentativas na empresa de tecnologia de informação dirigida pelo empresário Robert Roman. Porém, em pouco tempo, a tentativa do uso consciente das redes de relacionamento não obteve o sucesso esperado.

“Algumas pessoas da nossa equipe de conteúdo dos portais deixam de atualizá-lo, ou o atualizam de qualquer forma, com erros crassos de português, ou mesmo frases que não fazem nenhum sentido, para que sobre mais tempo para conversar com amigos no MSN, acompanhar o twitter de uma celebridade, ou ver o que mudou em seu facebok, ou Orkut”, relata Roman.

“Hoje em dia, apenas a área de vendas tem acesso ao msn e algumas pessoas das outras áreas têm acesso vigiado às redes sociais”, comenta o empresário.

Nenhuma Resposta

  1. Pingback: Redes Sociais: usar ou não usar? 12 de fevereiro de 2010

Deixe seu Comentário