Como funcionam os Feeds RSS

No arquivo RSS são incluídas informações como título, página (endereço exato de onde há algo novo), descrição da alteração, data, autor, etc, de todas as últimas atualizações do site ao qual ele está agregado.

De poucos em poucos minutos o arquivo RSS é actualizado mostrando as alterações recentes.

O RSS é um formato padronizado mundialmente, que funciona sob a linguagem XML, e é usado para compartilhar conteúdo Web. Ele permite, por exemplo, que o administrador de um site de notícias crie um arquivo XML com as últimas manchetes publicadas, a fim de compartilhá-las mais rapidamente com seus leitores.

Este arquivo poderá ser lido através de qualquer ferramenta que seja capaz de entender o formato XML do RSS.

» Agregadores de feeds RSS via sites

A primeira versão do RSS foi criada por Dan Libby da Netscape em março de 1999 para uso no portal “My Netscape”. Esta versão ficou conhecida como RSS 0.9. Em julho de 1999, em resposta a comentários e sugestões, Libby produziu um protótipo chamado RSS 0.91 (com RSS significando Rich Site Summary), simplificando também o formato.

O RSS (Really Simple Syndication) é um descendente do RDF (Resource Description Framework) e segue as definições da W3C para o RDF, que é descendente do XML
[editar] Funcionamento e actualização

De uma maneira geral, o rss permite o recebimento rápido de notícias ou informações, sincronizadas com os respectivos fornecedores de conteúdo, de maneira rápida, uma vez que o formato dos dados se restringe a texto simples.

Serve para receber uma lista de actualizações dos sites escolhidos, no momento em que elas ocorram. Muito usado em sites de notícias, sites de previsão do tempo, informações sobre o trânsito, informações económicas e blogs.

RSSReceba os artigos RSS do Infoescravo por email. É grátis!

Deixe seu Comentário