Como acessar o Orkut e outros sites bloqueados na escola ou trabalho?

Já foram divulgadas muitas dicas e instruções sobre como quebrar o bloqueio de acesso a alguns websites restritos em colégios ou empresas, mas muitos ainda se perguntam como ter acesso a redes sociais bloqueados por seus patrões e diretores.

Os sites mais comumente bloqueados em escolas e universidades são Bebo, MySpace, Hi5, Xanga, Orkut, Facebook e em alguns casos, o Youtube.

Podemos então compartilhar várias opções para quebrar essas restrições à internet, incluindo o uso de servidores proxy, websites especiais para celulares, etc:

Dica 1: A maioria das soluções para desbloquear sites sugere o uso de proxies para burlar as restrições. O Open Directory possue uma boa lista de servidores proxy públicos e anônimos que você pode experimentar. [Como funcionam os servidores proxy ?]

Mas, ainda assim, as chances de sua instituição já ter bloqueado o acesso à maioria desses servidores é grande. Nesse caso, há algumas outras opções:

Dica 2: Navegue na web usando Mowser, um novo serviço gratuito que converte qualquer website para o formato usado em celulares. Outra alternativa que pode ser de ajuda para acessar sites bloqueados é o Bitty Browser, um browser em miniatura inventado para ser inserido em outras páginas pela internet. Ainda outra solução seria fazer uma busca no Google Mobile.

Dica 3: Finalmente, uma opção que funciona sempre desde – que você tenha alguém em casa para te ajudar – use um software de assitência remota como o Microsoft Tahiti, CrossLoop ou Yuuguu.

Basta pedir a alguém que esteja em casa para aceitar seu convite para assitência remota e já poderá navegar pela web na escola ou faculdade usando o computador de casa! Isso permite que voce acesse qualquer website e use seu messenger (como MSN, Skype ou Yahoo). Você pode tentar esse “controle remoto” usando o software que já vem com o Windows XP Pro.

Se o Google Talk estiver bloqueado pelo seu patrão, siga a dica de como rodar o GTalk na barra lateral do Firefox e conecte com os contatos do Google Talk sem ser pego pelo firewall.

Importante: Acessar páginas e websites não autorizados usando as dicas acima pode ser considerado como violação das normas da escola, universidade ou empresa e pode te deixar em sérios apuros. Use por sua conta e risco.

9 Comments

  1. Daniel 26 de março de 2010
  2. Junior 17 de novembro de 2009
  3. Paula 8 de outubro de 2009
  4. adriano vieira santos 1 de janeiro de 2009
  5. eu 29 de novembro de 2008
  6. Eduardo Tetera 29 de novembro de 2008
    • jumara 2 de maio de 2011
  7. Andre Felipe 29 de novembro de 2008
    • Auriza 17 de abril de 2012

Deixe uma resposta para Daniel Cancelar resposta