Carregar bateria – Mitos & Verdades

Existem muitos mitos e crendices sobre as baterias dos aparelhos eletrônicos, como smartphones, tablets e celulares comuns.

Mas, o que há de verdade nessas dicas?
Tem que dar uma carga completa quando a bateria é nova?
Posso usar o celular enquanto está carregando?

Veja o que é verdade e mentira no que te dizem sobre baterias de aparelhos eletrônicos:

O celular pode explodir se ficar a noite toda carregando

Histórias sobre baterias que explodem existem desde a época em que eram feitas de níquel cádmio.

Hoje os smartphones e laptops utilizam baterias de lítio, que eliminam totalmente a possibilidade de explosão. Isso porque os mecanismos de proteção dentro da célula e do carregador evitam a sobrecarga.

Assim que a bateria completa a carga, ou se a temperatura aumenta muito, ela para de carregar automaticamente.

Antes de carregar, espere a bateria acabar totalmente

Isto era verdade… antigamente. As baterias de níquel cádmio sofriam o que se chamava de “efeito memória”. Se não deixasse a bateria descarregar completamente seu rendimento diminuía, porque ficava memorizada quanta energia era consumida entre os diferentes ciclos de carga.
Com as baterias atuais de Íon de Lítio isto não acontece mais.

Com as baterias recarregáveis de níquel-hidreto metálico (Ni-MH), usadas em controles de videogames, este efeito acaba com 1 ciclo de carga completo.

Só carregue o celular novo quando acabar a bateria

No começo era assim mesmo, porque os primeiros ciclos de carga são os mais críticos com o lítio. Porém, hoje em dia esses primeiros ciclos são realizados ainda na fábrica. Além disso, é ruim para a vida útil da bateria passar de totalmente vazia a completamente cheia.
Esses ciclos completos vão diminuindo a vida útil da bateria.

O ideal é fazer ciclos entre 20% e 70% de carga. Ou seja, não deixar o aparelho ficar com menos de 20% de carga, nem ficar carregando por completo toda vez.

A bateria dura mais se colocada sobre uma estufa

Não. Pelo contrário. As baterias duram mais se estiverem em locais frescos. 10 graus de aumento de temperatura duplicam a velocidade de envelhecimento da bateria. É recomendável até guardar a bateria no freezer, se não for usá-la por algum tempo (bem embaladas, pra não pegar umidade).

Um bom exemplo são as baterias de notebook: se você usa seu laptop como computador de mesa, sempre plugado na tomada, pra que bateria?
O melhor é que não estejam descarregadas totalmente ao guardar, e tenham pelo menos 20% de carga. Assim duram mais.
Quando for usar a bateria novamente, ela deve estar à temperatura ambiente.

Se for guardar a bateria, é melhor descarregar toda

Isso é certo no caso de baterias de chumbo, usadas em automóveis e motos, mas não com as de lítio.

Uma bateria de lítio envelhece mais rápido se estiver completamente carregada.

Deixe seu Comentário